quinta-feira, 21 de março de 2013

Recife terá ciclofaixa móvel ligando as zonas Norte e Sul aos domingos

Corredor exclusivo para bicicletas será aberto a partir do próximo dia 24.Projeto-piloto prevê o fechamento do Bairro do Recife para pedestres.


Do G1 PE


Prefeitura do Recife anunciou detalhes da ciclofaixa, que também funcionará em feriados. (Foto: Priscila Miranda / G1)

A Prefeitura do Recife divulgou, em coletiva realizada na tarde desta quinta-feira (21), como vai funcionar a ciclofaixa móvel de turismo e lazer, que vai ligar as zonas Norte e Sul da cidade, com aproximadamente 20 km. O corredor para estimular o uso de bicicletas será aberto aos ciclistas todos os domingos e feriados, a partir do próximo dia 24, das 7h às 16h. Durante a apresentação da ciclofaixa, o prefeito Geraldo Julio também anunciou o projeto-piloto “Recife Antigo do Coração”, que acontecerá neste domingo (24). A ação promoverá atividades culturais e esportivas no Bairro do Recife.

O projeto de ciclofaixas já é desenvolvido em outras cidades brasileiras, como Rio de Janeiro e São Paulo, pelo banco Itaú, empresa vencedora do chamamento público aberto pela Prefeitura do Recife. “A cicloflaixa móvel é uma opção de lazer e vai incentivar o uso da bicicleta, que também funcionará mais a partir do Plano Diretor Cicloviário, que foi assinado no Marco Zero, no dia do Pedala PE”, afirmou o prefeito Geraldo Julio.

Sobre possíveis problemas de retenção no trânsito após a abertura da ciclofaixa, o prefeito disse que o motorista de automóvel precisa se conscientizar e dar passagem ao ciclista. “A gente pede que nos domingos e feriados o condutor tente encontrar caminhos, trajetos, para evitar os locais das ciclofaixas móveis. E também que o motorista respeite os limites de velocidade, que olhe para aqueles que estão na bicicleta, porque, sempre quem se dá mal em um acidente de trânsito entre uma bicicleta e um carro é quem tá na bicicleta”, explicou.

A nova ciclofaixa terá duas rotas: uma na Zona Norte, com 7 km, e outra na Zona Sul do Recife, com extensão de aproximadamente de 6,5 km. As duas irão se encontrar no Marco Zero e, somadas com as ciclofaixas já existentes nos bairros de Boa Viagem e Casa Amarela, vão formar um corredor exclusivo de 25,5 km para os ciclistas.

Rotas
Na coletiva, o secretário de Turismo do Recife, Felipe Carreras, apresentou o itinerário das duas novas ciclofaixas. “São ciclofaixas bidirecionais, ou seja, de mão dupla”, disse. Na Zona Norte, a faixa para ciclistas começa na Avenida Parnamirim, através da ciclofaixa de Casa Amarela, e segue pela Avenida Rui Barbosa, Rua Amélia, Rua José Luiz da Silveira Barros, a pista local da Avenida Agamenon Magalhães, Rua Leopoldo Lins, Rua dos Palmares, Avenida Mário Melo, Rua da Saudade, Rua Princesa Isabel, Avenidas Rio Branco e Alfredo Lisboa, chegando ao Marco Zero.

A ciclofaixa da Zona Sul começa no Parque Dona Lindu, segue pela ciclovia já existente da Avenida Boa Viagem, pelas Avenida Engenheiro Antônio de Góes, Engenheiro José Estelita e Sul, também chegando ao Marco Zero.

Para sinalizar os ciclistas, a prefeitura montou esquemas com a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU). O trajeto terá quatro mil cones que irão separar os ciclistas e os veículos, 50 cavaletes, mapas de rotas e banners informativos.

Equipes técnicas também farão o trabalho de fiscalização, com um coordenador de projeto, três inspetores de tráfego e seis auxiliares técnicos. Os ciclistas que precisarem de auxílio médico poderão contar, de graça, com médicos para aferir a pressão arterial em três pontos da cidade: Parque da Jaqueira, Marco Zero e Parque Dona Lindu.

Outro apoio que o projeto promete dar gratuitamente é o de assistência mecânica para as bicicletas, que também funcionarão nos mesmo locais do apoio médico. Haverá mecânicos, em três turnos, para realizar o serviço. Duas vans em pontos principais das ciclofaixas - Jaqueira, Marco Zero e Dona Lindu - também ficarão a posto caso haja necessidade de deslocamento de ciclistas.

Vias no entorno do Marco Zero serão fechadas para veículos. (Foto: Luka Santos / G1)

Atividades no Marco Zero
O “Recife Antigo do Coração”, projeto-piloto também anunciado pela Secretaria de Turismo da Prefeitura do Recife, promete ações culturais no Bairro do Recife. Haverá brincadeiras infantis, atividades esportivas e turísticas durante este domingo (24), das 8h às 18h. Geraldo Julio afirma que é uma forma de revitalizar a área. "Iremos oferecer muitas opções de lazer, num local muito especial, que é o Centro do Recife, o Marco Zero", destacou o prefeito.

A programação será simultânea em vários pontos do Recife. Na Praça do Arsenal, as atividades serão destinadas às crianças, a partir das 8h, com Teatro de Mamulengos, contação de histórias e brincadeiras promovidas por recreadores. Às 14h, as ações infantis na Praça do Arsenal contarão com uma visita guiada pelo Bairro do Recife, passando por pontos turísticos conhecidos da região.

Na Avenida Marquês de Olinda, o foco será a prática esportiva. Haverá oficinas de patinação, com apoio de instrutores. E o Marco Zero ficará com a parte musical do projeto, com apresentação de blocos líricos, serenatas e teatro itinerante.

Assim como o projeto da ciclovia, a CTTU montou esquema para modificar o trânsito na área. Algumas vias serão bloqueados no domingo (21): Rua Barão Rodrigues Mendes, Praça do Arsenal, Avenida Barbosa Lima, Rua Itaiópolis, Avenida Rio Branco, Rua Álvares Cabral, Avenida Marquês de Olinda, Rua Vigário Tenório, Rua Tomazina, Rua da Moeda, Travessa Tuyuty, Rua dos Arrecifes, um trecho da Avenida Alfredo Lisboa próximo ao Marco Zero, Rua do Bom Jesus, Rua da Guia, Rua do Apolo, Rua Dona Maria Cesar, Rua da Assembleia e Rua Mariz e Barros.

A CTTU informou que as pontes Giratória, Buarque de Macedo e do Limoeiro ficarão abertas normalmente. Quem quiser acessar o Bairro do Recife poderá utilizar as Avenidas Cais do Apolo e Cais da Alfândega. E o motorista que desejar estacionar o carro próximo ao local do projeto contará com estacionamento gratuito, na sede da prefeitura.