terça-feira, 26 de março de 2013

Inauguração de ciclofaixa atrai centenas de recifenses no domingo de sol



TURISMO E LAZER
| 24.03.13 - 15h00

Inauguração de ciclofaixa atrai centenas de recifenses no domingo de sol



Geraldo: “A população ganhou a oportunidade de curtir a cidade de uma maneira diferente”. (Foto: Andréa Rêgo Barros / PCR)

O Recife amanheceu com um astral diferente neste domingo (24). No céu, o sol se encarregou de deixar o dia com um brilho especial, enquanto nas ruas da cidade centenas de famílias saíram de casa com suas bicicletas para participarem da inauguração da Ciclofaixa de Turismo e Lazer da cidade. O prefeito Geraldo Julio e o governador Eduardo Campos percorreram de bike, com as suas respectivas famílias, as duas que compõem o projeto: pelas zonas Norte e Sul, em um total de 13 quilômetros. A partir de hoje, a ciclofaixa será montada todos os domingos e feriados, das 7h às 16h. No próximo dia 29 de março, Sexta-feira da Paixão, o equipamento estará disponível para a população.


O prefeito Geraldo Julio classificou o projeto como um “importante instrumento para estimular o respeito entre o motorista e ciclista”. (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)

“Hoje é um dia de muita alegria com todo mundo aqui usando a ciclofaixa e as pessoas chegando em família para brincar com segurança. A população ganhou a oportunidade de curtir a cidade de uma maneira diferente. A ciclofaixa é um instrumento de lazer importante, mas também de turismo”, destacou Geraldo Julio. O projeto foi elaborado pelas secretarias de Turismo e Lazer e de Mobilidade e Controle Urbano do Recife em parceria com o Banco Itaú.

Para o governador Eduardo Campos, a iniciativa tem um valor cultural intangível, que muda o conceito da cidade. “Esse é um projeto que eu tenho certeza que vai cair no gosto dos recifenses. Dessa forma, a cidade vai mudando o conceito, as pessoas percebem que há uma outra forma de se deslocarem dentro da cidade”, pontuou Eduardo.

A primeira etapa do trajeto percorrida pelos gestores teve início no parque da Jaqueira, na rota da Zona Norte, e terminou no Marco Zero. Durante o passeio, eles passaram pelo Museu do Estado, Câmara Municipal do Recife, Parque Treze de Maio, Faculdade de Direito, Assembleia Legislativa, Palácio do Campo das Princesas, Praça da República, Palácio da Justiça até a Central do Artesanato, localizada no Marco Zero. O percurso totalizou sete quilômetros.


Parte da comitiva fez a travessia de barco do Marco Zero para o Parque das Esculturas Francisco Brennand, dando sequência ao passeio. (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)

Antes de iniciar o passeio ciclístico, Geraldo Julio classificou o projeto como um “importante instrumento para estimular o respeito entre o motorista e ciclista”. As duas rotas da ciclofaixa inaugurada hoje contemplam os principais pontos turísticos da cidade.

Morador da Zona Norte, o estudante de Engenharia Civil Rodrigo Amaral, 23 anos, ficou muito satisfeito com a iniciativa. “Há muito tempo a população esperava por isso. A partir de hoje, farei questão de usar a ciclofaixa sempre. O equipamento representa um ganho muito grande para a população”, relatou Rodrigo, que chegou ao Parque da Jaqueira acompanhado pelos pais. Assim como o estudante, centenas de pessoas fizeram questão de agradecer ao prefeito pessoalmente pela iniciativa.

Depois que chegou ao Marco Zero, parte da comitiva, que também contava com a presença de secretários estaduais e municipais, fez a travessia de barco para o Parque das Esculturas Francisco Brennand. Dando sequência ao passeio, os gestores seguiram de bicicleta pela ciclovia da orla de Brasília Teimosa, em um trajeto de um quilômetro. No Pina, eles passaram a usar a segunda rota da Ciclofaixa de Turismo e Lazer, passando pela Ponte do Pina, Cais José Estelita ate chegar ao Marco Zero, totalizando seis quilômetros.

As duas rotas, que somam 13 quilômetros, têm como ponto de encontro o Marco Zero – se somada às ciclovias já existentes, a Ciclofaixa implementada pela PCR chega a 25,5 quilômetros. Quem não tem bicicleta pode fazer o aluguel do veículo em três estações oferecidas no percurso: na Jaqueira, Recife Antigo e Pina. Cada uma delas tem 20 bicicletas. Nesse caso, é preciso que o usuário se cadastre no site do programa (www.ciclofaixarecife.com.br).


A ciclofaixa implementada pela PCR chega a um total de 25,5 quilômetros. (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)

ESTRUTURA – Foi reservado para a ciclofaixa um espaço que varia entre 2,5 e 3 metros, dividido de forma a projetar uma via de mão dupla. Quatro mil cones demarcam esse espaço. A rota da Zona Norte começa na Avenida Parnamirim, em Casa Amarela, e segue pela Avenida Rui Barbosa, ruas Amélia, José Luiz da Silveira Barros, Avenida Agamenon Magalhães (pista local), ruas Leopoldo Lins, dos Palmares, Mário Melo, da Saudade, Princesa Isabel, avenidas Rio Branco, Alfredo Lisboa, até chegar ao Marco Zero. Já a rota da Zona Sul sai do Parque Dona Lindu, aproveita a ciclovia da Avenida. Boa Viagem, seguindo pela avenidas Engenheiro Antônio de Góes, Engenheiro José Estelita e Sul, se conectando com a outra rota no Marco Zero.

Além de oferecer uma forma de locomoção mais saudável, a ciclofaixa também favorece o conhecimento de pontos turísticos do Recife. Na Zona Norte, por exemplo, é possível apreciar a beleza e tradição do Mercado de Casa Amarela, Sítio da Trindade, Parque da Jaqueira, Museu do Estado, Câmara Municipal do Recife, Parque Treze de Maio, Faculdade de Direito, Assembleia Legislativa, Teatro Santa Isabel, Palácio do Campo das Princesas, Praça da República, Palácio da Justiça e Central do Artesanato, além do Marco Zero. Na Zona Sul, o roteiro engloba a praia de Boa Viagem, Parque Dona Lindu, Pracinha de Boa Viagem, Cais de Santa Rita e Forte das Cinco Pontas.

São 102 operadores de tráfego para orientar ciclistas e motoristas. Eles são divididos em dois turnos, sendo 51 em cada. A equipe fica fardada, assim podem ser facilmente identificados. Esses monitores passaram por um treinamento específico e por palestras promovidas pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) sobre educação no trânsito. A Guarda Municipal e 48 agentes da CTTU (24 por turno) também ficam a postos.

Para garantir a fluidez do trânsito, a CTTU reforça o uso de outras vias de acesso tanto para a Zona Norte como para a Zona Sul. Para quem vem da Zona Sul, o ideal é utilizar a avenida Mascarenhas de Moraes, na Imbiribeira, seguindo em frente, sentido Afogados, e dobrar à esquerda no Largo da Paz. Neste ponto, o motorista estará de frente para a Estrada dos Remédios, que tem continuação pela Avenida Visconde de Albuquerque e Rua José Bonifácio. Dessa forma, o motorista terá acesso à Jaqueira, Parnamirim, Aflitos, Rosarinho e demais bairros da Zona Norte.

Fonte: http://www2.recife.pe.gov.br/inauguracao-de-ciclofaixa-atrai-centenas-de-recifenses-no-domingo-de-sol/