sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Moradora explica por que é contra o projeto do ParCão Dona Lindu. Qual a sua opinião?


Redação PorAqui

Grupo do bairro uniu-se para tentar viabilizar uma área exclusiva para cães no parque


Inspirado no projeto de criação de uma área exclusiva para cães no Parque Santana, em Casa Forte, Zona Norte do Recife, um grupo de moradores uniu-se para tentar articular um espaço semelhante para o Parque Dona Lindu. Porém, uma moradora da Rua Setúbal, que preferiu não se identificar, escreveu ao PorAqui explicando por que é radicalmente contra a ideia.

"O Parque Dona Lindu contém placas que proíbem animais de estimação e nunca foi respeitada, de tal forma que donos de cães nunca foram impedidos ou orientados sobre tal proibição. O fato é que esse grupo de donos e cães costumavam se reunir no parque, ao lado da quadra, de domingo a domingo, inclusive feriados, muito cedo, muitas vezes a partir de 5h, 5h30. E outros o fazem depois das 22h e gritando para os cachorros, incomodando os moradores dos prédios vizinhos com os latidos constantes e estridentes de alguns cães e que não eram impedidos por seus donos.

Existe uma regulamentação sobre perturbação ao sossego que abrange 'animais de que se tenha guarda' podendo constituir contravenção penal ou crime. E, depois de buscar o MPPE e a Delegacia de Boa Viagem, uma última tentativa foi feita e conversei com algumas pessoas sobre esse incômodo e entreguei a eles tal cartilha do MPPE.

Não sou contra animais de estimação, acho que o bom senso e o espírito de coletividade faltam em algumas pessoas. O direito de um acaba quando começa o do outro. E as pessoas que não têm cães ou têm rotinas de trabalho e estudo diferentes devem ser respeitadas. E se fosse o inverso?

E, para agravar o fato, ainda soube de incidência de carrapato, sujeiras que não são recolhidas da grama, onde pessoas sentam para fazer piqueniques e crianças brincam. Mais grave que isso, a maioria dos cães ficam sem coleira e focinheira, tendo já havido ataques a pessoas e outros cães. Alguns moradores deixaram de passear com seus animais no horário e local desses encontros por causa dos ataques, inclusive."

 --------
O PorAqui é a plataforma mobile e colaborativa de notícias de bairro do Sistema Jornal do Commercio. O projeto experimental está sendo desenvolvido em Setúbal. Se você é morador ou visitante do bairro, baixe o aplicativo gratuito e cadastre-se para acompanhar as notícias e colaborar com a construção de um noticiário cidadão e hiperlocal: Android (https://goo.gl/Npx1xn) e iOS (https://goo.gl/dEEALb)