quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

23º Janeiro de Grandes Espetáculos começa nesta quinta-feira, 12, no Recife

Festival acontece até o dia 29 de janeiro e traz espetáculos cênicos, show e leituras dramatizadas (Foto: Wellington Dantas/Divulgação)
A partir desta quinta-feira (12), o Recife sedia a 23ª edição do Janeiro de Grandes Espetáculos - Festival Internacional de Artes Cênicas de Pernambuco. Até o dia 29 de janeiro, o público vai poder conferir espetáculos cênicos e show musicais com preços que variam de R$ 40,00 a R$ 20,00. O festival, que também acontece em Caruaru, é realizado pela Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco - Apacepe, com co-patrocínio da Prefeitura do Recife, incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura, e apoio do SESC Pernambuco.

Este ano, o Janeiro de Grandes Espetáculos buscou trazer produções que retratem o momento do país. São montagens que trazem temas que estão em pauta na atualidade ou, que trazem de volta questões que repensam o Brasil de ontem, e suas personagens símbolo, em diálogo com o hoje. Ao todo, 58 produções diferentes estão confirmadas nesta programação, entre teatro adulto, teatro para a infância, dança, circo, shows musicais e duas leituras dramatizadas.

Há ainda o lançamento de um acervo online do Balé Popular do Recife e um vídeo documentário, uma exposição de quadros do artista Cleusson Vieira, três oficinas e um workshop, isto sem contar a programação paralela que reúne mais dez espetáculos ou performances diferentes, com destaque à estreia de “A Gaivota”, de Tchékhov, por atores-alunos do Curso de Interpretação para Teatro do SESC Piedade e mostras no Espaço O Poste, Teatro Mamulengo e Espaço Cênicas, três saraus de artes, do Grupo de Teatro João Teimoso, e o lançamento de uma videodança e pesquisa da Cia. Etc.

O ator, produtor teatral e mamulengueiro Sebastião Alves, o Sebá, natural de Sertânia, e também cidadão de Caruaru, é o grande homenageado desta edição. Ele atua na peça de estreia do festival, a tragicomédia “Olha Pro Céu, Meu Amor”, do saudoso dramaturgo e diretor Vital Santos, com o Grupo Feira de Teatro Popular, que vem especialmente da capital do Agreste. A obra trata do sonho de vencer como migrante.

Em seu caráter internacional, o JGE abrirá uma “Janela Portuguesa” com a presença de produções que vêm das cidades de Lisboa e Valongo. Com destaque aos 45 anos de atuação do grupo Comuna Teatro de Pesquisa, dirigido pelo encenador português João Mota em Lisboa, uma das mais importantes companhias do teatro lusitano e que começa pelo Brasil esta celebração, três dos seus espetáculos permeiam a programação: “Do Desassossego”, que destaca a escrita de Fernando Pessoa; “Homenagem a João Villaret”, celebração de um artista do teatro de revista à portuguesa; e “Bão Preto”, libelo de esperança voltado às crianças a partir dos seis anos. O encenador João Mota e o ator Carlos Paulo, ambos do Comuna Teatro de Pesquisa, ministrarão oficinas.

As leituras dramatizadas serão duas: a inédita “Três Tristes Gregas...”, de Moisés Neto, e “Medéa – O Evangelho”, de Albemar Araújo, e acontecem no Teatro Arraial Ariano Suassuna. Na programação musical, shows de Josildo Sá, Alaíde Costa e Gonzaga Leal, Cristina Amaral, Dalva Torres e Xico de Assis, Sheyla Costa, Margareth Menezes e Beto Hortis, Zé da Flauta e a banda Ave Sangria, Romero Ferro, Spok Quinteto, Elyanna Caldas e Claudionor Germano, e Juliano Holanda acompanhado de atores do Coletivo Angu. Ou seja, um festival para agradar a todos os gostos!

O festival ocupará 14 teatros/espaços culturais diferentes entre Recife e Caruaru. Os ingressos, a preços bem variados, podem ser adquiridos antecipadamente pelo site www.compreingressos.com (Tel. 2626 2605), ou na Central de Vendas que funciona no Teatro de Santa Isabel, diariamente das 9h às 16h. Informações na Apacepe: 3421 8456. Toda a programação do 23º Janeiro de Grandes Espetáculos pode ser acessada pelo site AQUI.

Fonte: http://www2.recife.pe.gov.br/noticias/11/01/2017/23o-janeiro-de-grandes-espetaculos-comeca-nesta-quinta-feira-12-no-recife