quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Prefeito garante a moradores que vai executar ParCão Lindu

No entanto, não foram definidos prazos e ainda é preciso dialogar com outras pastas e conseguir recursos

 
Com informações de Daniel Uchôa
 
Em visita ao Dona Lindu, neste domingo (7), o prefeito do Recife, Geraldo Julio, sinalizou que gostou do projeto do ParCão Lindu, que pretende criar uma área exclusiva para cães no parque municipal. O gestor garantiu aos moradores que vai executar a ideia.
 
Será preciso, no entanto, ainda conversar com a Emlurb (responsável pela gestão e manutenção do equipamento) e aguardar os trâmites legais. O projeto também precisa de diálogo com a pasta de Turismo e Lazer, responsável pela criação desse tipo de espaço nos parques, como aconteceu no Santana, Zona Norte.

Também presente no evento, o responsável pela secretaria, Camilo Simões, avaliou que seria possível a instalação do espaço na área, até por ser um espaço já utilizado informalmente dessa maneira. 
O movimento em prol do ParCão comprometeu-se em doar o projeto executivo, que está sendo construído por um arquiteto do grupo. Esse material será levado para a Emlurb para ser orçado e, se aprovado, ser construído. 

Também não foram definidos prazos. E, além disso, é preciso garantir recursos para que o projeto realmente saia do papel. Na Emlurb, não existe nada ainda oficialmente, mas o presidente, Roberto Gusmão, já está ciente do pedido dos moradores e tem discutido a ideia com outras secretarias.
 
Como forma de manter o assunto na pauta, o grupo de moradores promoverá encontros caninos todos os domingos. Portanto, neste domingo (14), está confirmada terceira edição, a partir das 7h. Mas a proposta é manter o espaço permanentemente ocupado, a qualquer hora, lembra Roberta Paes Barreto Melo, membro do grupo que se organizou para pedir o ParCão.
 
Ontem (7), foram entregues ao prefeito, além do projeto, o abaixo-assinado pelo espaço, com mais de 30 mil assinaturas, de gente de todo o Brasil. Clique aqui para ler e assinar o conteúdo do abaixo-assinado, caso tenha interesse.

Na ocasião, o grupo conseguiu também arrecadas 51 kg de ração, além de sachês, biscoitinhos de cachorro, ossinhos e material de limpeza. Tudo será doado a ONGs e instituições que atuam pela causa animal.

No parque, é proibida a entrada de animais, embora muita gente leve seus cães bem cedo pela manhã para dar uma volta ao ar livre. A ideia dos setubalenses foi inspirada no Parque Santana, na Zona Norte do Recife, que ganhou, no último dia 31, o primeiro parque para cães da cidade através de uma iniciativa popular. 

O ParCão Santana foi fruto de uma iniciativa civil e construído num espaço de 550 m², com obstáculos de agility recreativos, além de bebedouros e sacos plásticos e lixeiras para que os donos possam recolher as fezes dos animais. 


--------
O PorAqui é a plataforma mobile e colaborativa de notícias de bairro do Sistema Jornal do Commercio. O projeto experimental está sendo desenvolvido em Setúbal. Se você é morador ou visitante do bairro, baixe o aplicativo gratuito e cadastre-se para acompanhar as notícias e colaborar com a construção de um noticiário cidadão e hiperlocal: Android (https://goo.gl/Npx1xn) e iOS (https://goo.gl/dEEALb)