quarta-feira, 20 de maio de 2015

Premiada peça 'O dia em que Sam morreu' faz minitemporada no Recife

Apresentações no Teatro Luiz Mendonça vão de sexta a domingo.
Grupo paranaense reflete sobre crises da sociedade contemporânea.

Do G1 PE
'O Dia em que Sam Morreu' está em cartaz no
Parque Dona Lindu (Foto: Divulgação)
Depois de receber prêmios na Escócia, França e também em São Paulo, o grupo paranaense Armazém Companhia chega ao Recife com o espetáculo "O dia em que Sam morreu", com sessões entre sexta-feira (22) e domingo (24), no Teatro Luiz Mendonça, no Parque Dona Lindu. A peça discute as crises da sociedade contemporânea, através de comportamentos de várias profissões, como médicos, juízes e garotas de programa.

O espetáculo, dirigido por Paulo de Moraes e com direção musical executada ao vivo por Ricco Viana, mostra várias situações, que vão desde a aplicação de métodos nada ortodoxos que um cirurgião adota para subir na carreira até um velho palhaço que convive com o mal de Alzheimer. No elenco estão os atores Jopa Moraes, Lisa Eiras, Marcos Matins, Otto Jr., Patrícia Selonk e Ricardo Martins.

Na sexta e sábado, a peça tem início às 20h. Já no domingo, ela começa às 19h. Os ingressos custam R$ 40, com direito a meia-entrada.

Serviço
O dia em que Sam morreu
Data: 22/5 (sexta) e 23/5 (sábado), às 20h, e 24/5 (domingo), às 19h
Local: Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu - Av. Boa Viagem, s/n)
Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
 
Espetáculo reflete a sociedade contemporânea (Foto: Divulgação)Espetáculo da Armazém Companhia busca refletir sobre a sociedade contemporânea (Foto: Divulgação)


Fonte: http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2015/05/premiada-peca-o-dia-em-que-sam-morreu-faz-minitemporada-no-recife.html