quarta-feira, 28 de maio de 2014

Show - Allan Carlos fala sobre a gravação do quinto DVD

Cantor e compositor se apresenta no final do mês e promete show para todos os gostos


Foto: Diego Thompson

Por Andros Silva - O cantor e compositor jaboatonense Allan Carlos se prepara para gravar o seu quinto DVD promocional. O show acontece no dia 31 de maio no Teatro Luiz Mendonça, Parque Dona Lindu, Recife-Pe. O site da Gazeta Nossa bateu um papinho com o músico e descobriu tudo sobre o evento, confira.

Andros Silva - Você começou a carreira em Jaboatão e vai gravar o seu quinto DVD no Recife?

Allan Carlos - Infelizmente a falta de um Teatro em Jaboatão que proporcione, possibilite tais realizações, nos obriga a navegar outros mares. Mas eu tenho fé que essa obra saia e a gente consiga um dia gravar lá. (Allan se refere ao Cine Teatro Samuel Campelo, que se encontra em reforma há anos e não tem previsão para inauguração)

AS - Já gravou em Teatro? Ou essa será a primeira vez?

AC - Este será o segundo. Fizemos o primeiro no teatro do SESC Petrolina, hoje Teatro Dona Amélia, aonde gravamos canções de minha autoria e de Renato Russo num show denominado “O lado B de Renato e eu” pelo projeto Canto do Vale em 2007.

Foto: Ademar Damião Filho

AS - O que podemos esperar do registro? Vai contar com participações?

AC - A diversidade em evidência. Lindos cenários, dança e boas cenas sob a direção de J Anndrade e Nelma Barros, ambos da ASTEJ. Eu compartilho a direção musical do show/espetáculo com o virtuoso guitarrista George Souza. Como ainda não temos uma resposta concreta dos artistas convidados, prefiro fazer silêncio por enquanto.

AS - E o repertório. Já fechou o setlist? Quantas faixas? Quais são os clássicos?

AC - O show será cantado em quatro idiomas. O repertório já está definido, mesmo com aquela dorzinha no peito de ter que deixar muita coisa de fora. Havia a intenção de fazê-lo todo autoral, mas pensando em atender melhor o público, inserimos clássicos da música nacional e internacional, passando pela música regional nordestina. Temos mais de vinte faixas para trabalhar a gravação, músicas próprias, novas canções da MPB, internacionais, Gonzaguinha, Pearl Jam... Algo diferenciado e de muito bom gosto. Garanto um show para todos os gostos, pra lá de completo.

“Infelizmente a falta de um Teatro em Jaboatão, nos obriga a navegar outros mares”

AS - Você precisou entrar em contato com as gravadoras para gravar os fonogramas?

AC - Não, pois em todas essas andanças por aí fazendo shows em teatros, casas de show de grande porte, arena... Sempre apareceram delegados do ECAD tomando essas providências, realizando o procedimento legal dos direitos autorais junto aos organizadores dos eventos. Dessa forma tudo pode ser resolvido ali mesmo. Ganhando-se tempo e dinheiro, mantendo os direitos preservados. Bom pra todos.

AS - Ingressos serão vendidos, ou o show será apenas para convidados?

AC - Aberto ao público em geral. Queremos lá todas as crianças, as mais novas, aquelas como você e eu, e até mesmo aquelas que já caminham lento. Os ingressos podem ser adquiridos diariamente na bilheteria do Teatro Luiz Mendonça no parque Dona Lindu e na sede da ASTEJ que fica na Rua Esperantina, 20, quadra “L” - Vila Mário Gouveia, Prazeres, Jaboatão. Ou também, através do fone: (81) 8887-4171.

Foto: Andros Silva

AS - Por que batizou esse show de Múltiplo?

AC - Chegamos a conclusão de que para se cantar em quatro idiomas atravessando tantas culturas, ritmos, sensações, diversas nuances... Algo assim não poderia ter outro nome. Só poderia ser chamado de Múltiplo.

AS - Allan, sucesso nesta nova empreitada. Para finalizar, deixe o seus agradecimentos finais e se possível um recadinho para os leitores do Gazeta Nossa.

AC - Gostaria de agradecer essa grande oportunidade a JÁ Produções, que está realizando este evento com bastante carinho, profissionalismo e dedicação. Contamos com vocês leitores no dia 31 de maio no Teatro Luiz Mendonça no parque Dona Lindu às 20:30h para assistir ao show Múltiplo. Neste finalzinho, gostaria de deixar uma rima para o jingle do jornal (risos). Cultura, diversidade, informação para que você possa, fique atento, leia as páginas do Gazeta Nossa. Muito obrigado mais uma vez. Um beijo das notas pelos lábios da música.

Fonte: http://www.gazetanossa.com.br/index.php/cidades/jaboatao/920-allan-carlos-fala-sobre-a-gravacao-do-quinto-dvd