terça-feira, 8 de outubro de 2013

Festival do Frevo da Humanidade se prepara agora para a grande final


FINALISTAS
| 02.10.13 - 17h06

Festival do Frevo da Humanidade se prepara agora para a grande final

Leda Alves: “Esse evento é uma forma que encontramos para mostrar a importância do papel da cultura neste governo do prefeito Geraldo Julio”. (Foto:Andréa Rêgo Barros/PCR)
A Secretaria de Cultura da Prefeitura do Recife apresentou na manhã desta quarta-feira (2) a lista das 24 composições finalistas do I Festival do Frevo da Humanidade, e os nomes dos intérpretes e arranjadores que farão parte das apresentações. A Etapa Final do festival vai acontecer nos dias 25 e 26 de outubro, com início às 19h, no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem.

“Esse evento é uma forma que encontramos para mostrar a importância do papel da cultura neste governo do prefeito Geraldo Julio. A gente tem feito um esforço grande pra incentivar o surgimento de novas produções. De formas pequenas e grandes, estamos limpando os espaços para que vocês possam desenvolver suas atividades artísticas”, disse a secretária de Cultura, Leda Alves, para os compositores que estavam presentes na coletiva.

O diretor e produtor musical do Festival maestro Nenéu Liberalquino ressaltou a importância da renovação desses artistas que fazem o Frevo acontecer. “Das 24 composições selecionadas, 20 são da nova geração de músicos. Isso é muito importante pra renovação de um ritmo”. O maestro adiantou que os ensaios com a Orquestra de Frevo da Banda Sinfônica do Recife já devem começar a partir desta quinta-feira (3).

O coordenador geral do festival, Maurício Cavalcanti, destacou que o Festival mobilizou compositores de várias partes do país como Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Rio Grande do Norte e Alagoas. O detalhe é que os 24 finalistas são pernambucanos, sendo 11 recifenses. O restante vem de cidades como Olinda, Camaragibe e Tacaimbó – Agreste do estado, distante 168km do Recife.

A apresentação dos finalistas contou com a presença de Roberto Menezes, filho do maestro José Menezes, homenageado do festival, e de alguns compositores finalistas.

Site – Todas as informações estão disponíveis no site do Festival. No endereço estarão disponíveis ainda 120 partituras com 1570 páginas digitalizadas que fazem parte do documento Memória do Frevo – Acervo de Partituras e teses sobre o ritmo.

Premiação – Para a premiação, foi reservado um total de 128 mil reais em prêmios, a serem distribuídos nas categorias Frevo de Bloco, Frevo de Rua e Frevo Canção. As músicas vencedoras também farão parte de um CD com 15 faixas a ser lançado no Dia do Frevo (9 de fevereiro). Além disso, os primeiros colocados receberão o Troféu José Menezes, feito por Abelardo da Hora, que é uma réplica do Monumento ao Frevo, localizado na Rua da Aurora.

Fonte: http://www2.recife.pe.gov.br/festival-do-frevo-da-humanidade-se-prepara-agora-para-a-grande-final/