sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Travessia: Oceano de canções no Dona Lindu

Travessia: Oceano de canções no Dona Lindu


Isabelle Barros - Especial para o Diario



Em 20 anos de espetáculo, o musical Travessia, do Grupo Ponto de Partida, de Minas Gerais, rodou o Brasil e atravessou o oceano para representar o país nos 50 anos da Unesco, em Paris. Neste fim de semana, é a vez dos recifenses conferirem a montagem, que ganha duas apresentações, amanhã, às 21h, e domingo (18), às 19h, no Teatro Luiz Mendonça, no Parque Dona Lindu.

A peça conta a história de luta e festa do povo brasileiro por meio de suas músicas. Também é uma homenagem à MPB, na qual os atores cantam músicas de compositores como Gonzaguinha, Ary Barroso, Caetano Veloso e Milton Nascimento. Esta é a segunda vez que o Ponto de Partida, grupo criado em Barbacena há 32 anos, vem ao Recife. A primeira foi no ano passado, com o espetáculo Ciganos.

A investigação artística do grupo Ponto de Partida se dá por meio da experimentação entre música e teatro, a partir de textos de autores nacionais, como Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade e Jorge Amado. Em sua cidade natal, mantém uma universidade de música popular, espaço para formação de atores e parceria com coro de meninos.

Hoje, às 19h30, a equipe do espetáculo realiza um bate-papo com a classe artística no Teatro Hermilo Borba Filho, no Bairro do Recife. A entrada é franca. Para a peça, o ingresso custa R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia para estudantes, professores, maiores de 60 anos e clientes Vivo) e R$ 10 (artistas, com venda antecipada no Sindicato dos Artistas/Sated). O Teatro Luiz Mendonça fica no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem. Informações: (81) 3355-9821.